Quinta-feira, 25 de Novembro de 2004

Demorou, custou, penou (e mais umas merdas acabadas em "ou") mas está cá mais um artigo...

Pah antes demais... O Blog vai continuar sempre! E se possível durará por mais uns anos, ou então daqui a uns meses desvanece-se na World Wide Web.... mas isso é outra história...
Tenho andado meio ocupado e portanto tem-me sido difícil escrever, mas toda a gente que já escreveu alguma coisa na vida deve compreender que há dias em que a vontade de escrever é a última coisa a aparecer e por mais ideias que tenhamos quando nos sentamos à frente do monitor para começar a teclar parece que tudo se desvanece... e quando damos por nós já estamos de novo a jogar Need For Speed Underground 2 ou em mais uma batalha por Honor Points no America's Army.... Ah ou então se forem "sortudos" como eu, nos poucos momentos de inspiração e vontade simultâneas, ou olham para o relógio e são duas da manhã ou o computador está de novo ocupado por qualquer membro da família num trabalho imensamente importante que tem de ser entregue no dia seguinte e que se cinge a passar uns quantos minutos no Google e umas quantas horas no Messenger.... Assim lá estou a tentar escrever este artigo acerca de uma ideia inspirada que mais uma vez me assolou a parte frontal do crânio enquanto vagarosamente embatia contra a cama, mais propriamente a sua estrutura em madeira, sem apanhar pelo meio qualquer colchão ou almofada... Vagamente abalado, surgiu-me (estupidamente e de uma maneira totalmente absurda,) a Teoria de que os Jogos de PC não são assim tão inovadores, e tão entusiasmantes quanto isso, uma vez que não passam de Versões gráficas e computorizadas de Jogos Tradicionais Portugueses. Não acreditam? Parece-vos estúpido? É... Mas qual Homem da Conspiração, pelo poder da Lógica e da Argumentação irei-vos provar tudo o que previamente escrevi.
Existem milhares, senão já milhões, de jogos de vídeo no mundo inteiro mas se repararem é ligeiramente simples agrupá-los em conjuntos uma vez que actualmente são poucos os jogos realmente inovadores e nos limitamos a criar mais do mesmo com uma história cujo contexto é a única diferença e com qualidade gráfica melhor. Assim encontramos no mundo dos Videojogos RTS’s, RPG’s, FPS’s, PCG’s, PG’s etc… etc… etc… Uma panóplia de Siglas cujo significado ao comum leigo pode ser oculto, e até estranho, mas que para o verdadeiro apreciador de Jogos faz já quase parte da sua cultura geral de tão usados são os termos. Eu ainda não estou nessa fase mas tenho alguns conhecimentos, e como bom Toni que sou, e para me diminuir a trabalheira, vou dividir os jogos usando estes termos e explicá-los-ei de modo a que todos me possam perceber.

Um dos primeiros géneros de jogos cuja origem e relação com os jogos tradicionais portugueses me surgiu foi o RTS. RTS significa Real Time Strategy e engloba todos os jogos cujo objectivo é desenvolver uma estratégia em tempo real (xiii a sério? Nem dava para perceber pelo nome nem nada… és um génio sabias?) ou seja o género de jogos em que por exemplo se tem de desenvolver uma civilização e derrotar a outra muito comum e famoso por jogos como Age of Empires, Age of Mythology, Empire Earth, Rise of Nations, Warcraft III (se bem que este já junta um pouco de RPG) etc…
Ora este tipo de jogos foi durante muitos anos considerado um dos mais inovadores e emocionantes de sempre, permitindo a possibilidade de controlar toda uma civilização, desenvolvê-la ao nosso gosto e essencialmente criar um enorme e desenvolvido exército que nos permitisse REDUZIR A PÓ a civilização Inimiga. QUAL É A NOVIDADE DISTO??? Nós já fazemos isto há centenas de anos (pelo menos!!!), já ninguém se lembra de JOGAR AO CAROLO?? Tem precisamente a mesma base! Nós coleccionamos os Carolos, desenvolvemos a nossa colecção de acordo com os critérios que queremos, dividimos os carolos em classes, criamos uma classe guerreira (os abafões) e num terreno acidentado usamos toda a nossa força e todas as nossas armas secretas para derrotar a colecção do nosso adversário! Qual é a novidade e a inovação dos RTS’s então? Digam-me lá! Gráficos computadorizados? E onde é que está o cheirinho da Terra, as carradas de grãos de areia incrustados nas unhas, a dor latente na unha do meio depois de 2 horas a jogar ao Carolo, o prazer de abrir o vídeo de casa para lhe retirar as esferas que continha para depois perceber que já não funcionava? Ah esperem… esta última parte sou só eu….

Outro género famoso são os Beat’ em Up’s que como o nome indica consistem em enfardar toneladas de pancada no nosso pobre adversário enquanto, a velocidades que se aproximam da da luz, executamos os golpes e combos mais manhosos à face da terra…
Epah… Combate de Piões diz-vos alguma coisa??? E não, não estou a falar do Beiblade (série mais feia tenho de vos dizer…) estou a falar das tradicionais lutas de Piões onde dois piões lutavam com tudo o que tinham dentro de uma caixa de cartão usando os mais variados truques e configurações de pioneses e partes de borrachas que eram utilizadas como punhos e armas de destruição maciça!!!! (ou então não…) Tudo batalhas que requeriam, como nos Beat’ em Up’s uma enorme coordenação olhos mãos e perícia para fazer o lançamento correcto e perfeito…. Bons tempos…. Muitos piões partidos… Algumas cabeças rachadas…. Recordações que literalmente me marcaram para a vida…

E quem é que não conhece um FPS? Bem se calhar não associam com este nome, mas quem é que nunca jogou um Unreal Tournament, um Doom, um Duke Nukem, um Counter Strike, Return to Castle Wolfenstein, Halo, America’s Army, Urban Terror, Quake etc… Estes são os First Person Shooters, jogos de acção total cujo objectivo não é mais do que eliminar o adversário aniquilando-o da face da terra… ou ao menos da face do cenário em que se joga no momento uma vez que no round seguinte ele estará de volta… Nestes jogos onde se utilizam todas as armas possíveis e imaginárias, temos de recorrendo a uma visão de jogo em primeira pessoa, ou seja o ecran localiza-se onde estaria o corpo do nosso Jogador de maneira a nos dar uma impressão mais realista, usar a pequena mira que temos para disparar a nossa arma com o objectivo de matar tudo aquilo que se mexa! AH menos os companheiros de equipa… Ora mais uma vez… O que é que isto tem de inovador? NADA! Comparando com as enormes batalhas de balões de água ou os bons velhos tempos de Pedradas fenomenais, e digam-me se estas maravilhas tradicionais não incitam ainda mais o desenvolvimento de conceitos como estratégia ou blitzkrieg (Sim porque não pode haver outro nome para quando 20 gajos se juntam para darem “uma molha” em alguém… mais más experiências pessoais…) que são normalmente associados a estes jogos?

Outro género de jogos que sinceramente não sei nomear mas que está entre um TPS e um PG, respectivamente Third Person Shooter e Plataform game, são aqueles cujo objectivo é cumprir as missões tentando ao máximo não dar nas vistas limitando ao mínimo o número de mortes, cujo caso exemplar é Splinter Cell, mas que também pode ser associado a jogos como SWAT ou Rainbow Six… Uma palavra para vocês que foram a correr comprar o Splinter Cell - Pandora Tomorrow: ESCONDIDAS! Digam-me, estar escondido o máximo do tempo… andar pela calada… fazer pouco barulho… esperar que o adversário saia do caminho… desenvolver uma estratégia de aproximação… e por fim correr que nem um maluco para atingir o objectivo final! Por outro lado, temos a versão daquele que cuidadosamente tem de identificar os escondidos, reflectir sobre os locais mais prováveis de encontrar alguém, e eliminá-los um a um sem nunca esquecer o seu objectivo principal… Para além do grafismo e de todos os Gadjet’s há diferenças?

Continua no próximo artigo… Este já está a esticar-se demais…
publicado por Toni, o Primeiro às 20:47

link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Terça-feira, 23 de Novembro de 2004

Resposta aos comentários sobre o meu 1º artigo

agradeço desde já os elogios (eram elogios, não eram!?? =P) que foram feitos. queria também agradecer a todos os fans (ou fãs, como gostarem mais) que tornaram isto possível, aos meus pais, aos meus irmãos e aos meus amigos que estiveram sempre prontos a ajudar e a apoiar-me ... e, claro, à pessoa que me iniciou neste mundo: o toni I.

dizem vocês: "qué isto toni II??? ganhaste um óscar ou um prémio qualquer da mtv, que por mais merdoso que seja dá direito a aparecer na TV e a falares assim??! é melhor voltares à realidade!". e digo eu: "não ganhei nenhum prémio meus queridos fans/fãs, mas só o facto de saber que gostaram do meu artigo é suficiente para eu estar contente, e prefiro isto a qualquer prémio do mundo (sim pois! conversa da treta! o que eu gostava mesmo era ter ganho aquela lotaria europeia!!)".

agora a sério. obrigado por gostarem do que escrevi.

houve também, claro, criticas, e eu até sou um gajo que costumo aceitar a maioria das criticas e, analisando-as, procuro corrigir o que está mal e aperfeiçoar o que está bem. mas há cenas que me deixam fora de mim. como o comentário da (do??) utilizadora (utilizador??) txutxa, que diz:

"apenas um comentario...a pores posts d mês a mês n vais longe..."

epah ... fdx txutxa, eu tenho uma vida, sabes! estudo e tal, tenho testes e trabalhos pra entregar, e outras coisas que não o blog. não quero tar a vender merdas ou a tocar guitarra na rua daqui 5 anos só porque não fui capaz de acabar o curso. a minha vida não é só o blog. também tenho pais que me tão sempre a chatear a cabeça pra eu estudar mais e não estar tanto tempo no pc. e o blog faz parte prai de apenas 1/1000000000 da minha vida. não tenho culpa que não haja posts todas as semanas, ou, sejamos mais doidos, todos os dias. a não ser que quisesses daqueles posts que fica só uma frase e que o titulo desse post/artigo é "Dá que pensar!". fdx pah

e além disso talvez não ande a escrever mais artigos porque não ando inspirado ou porque não me têm acontecido coisas hilariantes. e se queres mais posts por semana ou dia, vai a um blog que fale sobre as novidades no mundo dos video jogos ou uma merda assim que tem de estar sempre actualizada, tipo blog da sic noticias!

fdx... fiquei fodido com esse comentário. um gajo esforça-se e depois ainda ouve destas!

da mesma forma como iniciei este artigo, queria dedicá-lo àquelas pessoas que são muito impacientes. e não vou aqui dizer nomes nem apontar o dedo (-> txutxa!!!), porque não vale a pena.

até à próxima ... que não sei quando será pois estas próximas semanas vão ser muito atarefadas e além disso tou com problemas no pc :\

 

p.s. - gostaria que ficasse bem claro que não tenho nada contra as pessoas que vendem coisas ou tocam instrumentos na rua para ganhar a vida. aliás, acho melhor isso do que andar a pedir dinheiro no barco ou no metro, para depois se andar com telemóveis, que mesmo que sejam roubados têm sempre saldo positivo.

ahhh, e que também fique claro que não tenho nada contra os fans/fãs, e que podem criticar-me à vontade, mas desde que o façam de uma maneira inteligente e com sentido
publicado por Toni, o Primeiro às 18:14

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 11 de Novembro de 2004

O Estado da Nação!!! (numa bela merda!!! Mas prukê???)

P.S. (Pré-Scriptum) - Antes de mais queria agradecer ao Toni-mor que me convidou para eu contribuir com algumas tonices no seu mui ilustre blog =P Sempre que puder contarei algumas tonices, apesar deste 1º artigo ser mais direccionado para a critica social - pudera, com o país no estado em que está! Obrigado Toni!!! Fizeste de mim um toni diferente =P

 

O título dá um ar importante, não dá? Mas caguem lá nisso, que o que vou falar aqui é de merdas que me passam pela cabeça, algo que já me anda a moer a tola há muito tempo, já desde a altura do euro 2004, e acho que muita gente também deve ter feito esta pergunta a si mesmo.

Ia eu, no outro dia, na rua quando me deparo com uma zona, por onde não costumo passar, em que as janelas ainda estavam cobertas de bandeiras de Portugal (SIM, ELAS AINDA ANDEM AÍ!!!), e uma ou outra do Brasil. E pensei eu, "epah, que nacionalistas que somos! que espectáculo de povo! assim ate um inglês ou um americano gostaria de ser português!".

Por mais estúpido que pareça, ainda há gente que tem as bandeiras à janela. Já na altura do euro, quando disseram p’ra por as bandeiras à janela me pareceu uma estupidez, uma estupidez ainda aceitável, pelo facto de estarmos a ser os organizadores de uma grande competição, ... e até que percebo (só um pouco) as pessoas terem deixado as bandeiras até à altura dos jogos olímpicos. P’ra dar força, e tal, à equipa nacional (até parece que por porem as bandeiras às janelas cá em Portugal eles se sentiriam mais fortes lá na Grécia, ainda por cima depois de termos perdido na final do euro contra esse mesmo país. ahhh e isso é outra coisa que irei falar qualquer dia: a estúpida da atitude dos portugueses que estavam a assistir à final do euro, e que, mesmo sendo muito mais que os gregos, se deixaram dominar nos cantos de claques :\), mas ainda terem as bandeiras a janela!!? Qualquer dia passa-se de enfeites de natal para bandeirinhas de Portugal (ou da Ucrânia, se se for um imigrante que veio para Portugal a pensar que este era o melhor país do mundo e que, quando cá chega, vê que a única coisa boa no pais é o facto de pagarem bem, em relação ao que ganhavam, porque isso do pagarem bem é relativo. para nós portugueses, qualquer trabalho que façamos, achamos que é mal pago. mas isso somos nós portugueses :\)!! Mas que merda é esta!?!?!? Eu até sou um gajo que tem orgulho de ser português, mesmo sabendo que somos dos povos que tem a pior capacidade de evolução dos países semi-desenvolvidos (ahh, essa é outra. isso de chamarem a Portugal um pais desenvolvido é das coisas mais erradas do ensino. não somos nenhuma Bolívia ou Líbia, mas daí a colocarem-nos no mesmo grupo que a Inglaterra, França e Alemanha, a coisa já está exagerada), mas deixar as bandeiras às janelas a apanhar sol, para ver se lá para o próximo verão já tão castanhas e amarelas em vez de vermelhas e verdes, para depois se armarem com os amigos e dizerem "ahh, eu deixei a minha bandeira 1 ano inteiro à janela ... olha como é que ela está!!" Compra mas é uma nova se ela ficar daquelas cores, porque uma bandeira de Portugal quer-se é das cores nacionais e não das cores da Guatemala (peço desculpa se estou a mandar uma grande bacorada ... na realidade nem sei como é a bandeira da Guatemala! =P).

Mas, voltando ao assunto principal, estava eu nessa zona cheia de bandeiras à janela, quando umas dúvidas antigas voltaram a assombrar-me o cérebro: porque raio foi preciso um brasileiro ou alguém na TV dizer p’ra pôr as bandeiras à janela?? E mesmo aceitando isso de pôr as bandeiras, porque é que não fomos capazes de pensar nisto, cada um por si mesmo?? À 2ª acho que consigo responder (e já respondi antes): porque somos dos povos que não tem muita capacidade de inovação ou originalidade. Às vezes até nascem assim gajos inteligentes (do tipo 1 em cada 10 milhões! ahh, mas espera ... só há cerca de 10 milhões de portugueses em Portugal! pois ... perceberam bem a ideia), mas que só conseguem ter sucesso porque fizeram erasmus em Inglaterra e porque assim que acabaram o curso foram p’ro estrangeiro, porque se ficassem cá, ou tinham problemas em arranjar emprego ou eram mal pagos para o trabalho que estavam a fazer.

Resumindo, vivemos num país em que as pessoas não têm qualquer capacidade de criar ou fazer as coisas por elas próprias, e que uma das coisas mais lastimáveis do nosso povo é que se está sempre a queixar de tudo (mesmo que não tenha razão ou que a coisa nem seja para tanto, português que é português tem que refilar, de preferência com uma grande dose de palavrões e calinadas na gramática), e que não consegue manter os seus melhores frutos na própria árvore (frutos! árvore! ... perceberam a ideia!??) e os deixa cair (frutos! cair! ... pronto, já é demais!) no quintal do vizinho (eu tentei parar, mas tinha que acabar a frase em beleza ... ou não!!). É preciso alguém dizer p’ra fazer isto e aquilo. Por este andar, qualquer dia vem alguém do Cambodja treinar a selecção nacional de matraquilhos e diz-nos para começarmos a tentar acompanhar o passo do resto dos países da união europeia :\ e nós, como somos estúpidos, ficamos à espera que esse cambodjiano ou cambodjense (sei lá como se escreve!) venha e até lá vemos o pais a continuar neste atraso mental que é uma coisa parva!

Pronto! Por hoje é tudo. Vou ver se me acontecem alguma tonices ... Até à próxima ... e "toniem" muito!
publicado por Toni, o Primeiro às 23:57

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Eh pah eu sei... tou na fossa... mas isto vai melhorar...

Não escrevo há muito tempo eu sei... e estão-me a fustigar todos os dias (não na realidade que eu não tenho essas pancadas masoquistas) para escrever mais artigos... infelizmente o tempo não me o tem permitido, mais concretamente a falta dele, nem a Ikom me tem deixado... Assim decidi recrutar mais um Toni, para me ajudar nesta dificil provação e que portanto encontrarão como autor de artigos a partir de agora. Espero que nestes próximos dias haja já um artigo publicado por este novo autor, e também eu daqui a mais alguns dias terei o meu próximo artigo pronto pois ontem a inspiração veio-me à cabeça, felizmente que desta vez não literalmente, e não envolvendo nada de azarado (aleluia!)... Pah eu sei que o Blog está a passar por uma fase mais down... mas espero que com mais um Toni na escrita isto vá melhorar. Não desistam d'As Crónicas de um Toni! Fiquem bem.

Já agora, alguém me explica a expressão "cara de um sapo" e "cara de cu"? Algum dos leitores conhece alguém com cara de sapo ou cara de cu? Se conhecem, como é que isso é? Têm lábios gigantescos lingua dilatada pele verde e olhos nas laterais da cabeça??? E no outro caso têm o quê? Duas nádegas na cara? a sério expliquem-me....

P.S. - Eu estou mesmo na fossa não estou?
publicado por Toni, o Primeiro às 18:31

link do post | comentar | ver comentários (94) | favorito
Quinta-feira, 4 de Novembro de 2004

Que M***** é esta???

hulk_480x360.jpg

O título original deste artigo era "Puta que pariu! que merda é esta caralho! tá tudo fodido ou quê? dassssssssssssss". Mas atendendo às críticas que me foram tecidas, culpando-me do abuso excessivo da piada brejeira e fácil, ou seja, do uso de asneirada a todo o momento, decidi corrigir-me e resumir a minha enorme frustração ao título supracitado...

Receio que me irei dispersar um pouco no artigo de hoje, mas recentemente houve umas quantas coisas que me frustraram e sobre as quais obrigatoriamente tenho de falar por muito afastadas e já um pouco desactualizadas que estejam, por isso desde já peço as minhas desculpas.

Em primeiro lugar, quero exprimir a minha profunda indignação e confirmação da completa estupidez e ignorância do povo Americano, que cada vez mais se aproxima do nosso, elegendo George W Bush como novo presidente dos Estados Unidos da América como nós portugueses elegemos o Pedro Santan…. Ah espera, não fomos nós que o elegemos, pois 酅………. Ao menos eles têm a hipótese de ESCOLHER!!!! Mas se alguém tiver a bondade de me explicar algumas razões PLAUSÍVEIS que possam explicar a atitude do povo Americano, FAÇA FAVOR. É que sinceramente não consigo perceber…. Como se pode votar num presidente que iniciou uma Guerra sem razão nenhuma, que mete os pés pelas mãos quando se tenta justificar, que tem o maior historial de CALINADAS da história dos Estados Unidos, que foi o directo responsável pela morte de centenas senão milhares de soldados, que se pensa ter sido ajudado a responder durante os debates por via de auricular, que é um Cromo de todo o tamanho, que ganhou as ultimas eleições de forma extremamente duvidosa….. Não consigo compreender……. Simplesmente não o consigo fazer… É que nem com filmes como o “Fahrenheit 9/11” nem com todos os documentários que o grande (no sentido lato da coisa…) realizador Michael Moore fez e refez eles viram o mal que o Bush estava a fazer ao país, é que se eles vivessem na Letónia ou na Zâmbia, estavam à vontade, mas eles estão simplesmente a escolher quem vai liderar A MAIOR POTÊNCIA DO MUNDO! E se o Bush decide embarcar em mais uma guerra estúpida? Desta vez contra a Coreia do Norte por exemplo? É que eu não estava nada com vontade de viver num Bunker durante 30 anos até toda a radiação do mundo desvanecer…. É que tipo… eu ainda queria ter filhos, TIRAR A CARTA, e coisas assim… mas pronto isso sou eu, os americanos lá se vá saber…

Depois outra notícia que na semana passada (penso eu) me chamou a atenção foi a do canal Cor-de-Rosa um canal ALL GAY, All Day Long. Tipo… Qual é a diferença entre um canal Gay e um canal normal???? Ele vai saltando a grelha de programação até se aproximar dos canais só para Homens???? Na televisão actual já temos tantos programas rabilós que acho que pouca gente daria pela diferença! E relativamente aos apresentadores abixanados…… é melhor não me pronunciar…. E já agora, eu não sou homofóbico nem nada, mas não é um dos objectivos da comunidade gay a igualdade relativamente a todas as outras pessoas? A serem aceites como normais, como mais uma pessoa? ENTÃO PARA QUE É QUE PRECISAM DE CANAIS DIFERENTES!!!??? Isso não é discriminação a vocês por vocês próprios? E se querem realmente a igualdade de direitos porque é que Tanto insistem em se afirmar como Diferentes!! Eu não sei, mas acho que não são mais homosexuais ou menos homosexuais por participarem em Paradas Gay! Claro que devem defender os vossos direitos, e claro que se gostam de o fazer continuem, mas tipo não é um prerequisito, e sinceramente, a homossexualidade não é propriamente uma campanha política em que com as paradas podem ganhar mais apoiantes… digo Eu….

Para finalizar que sinceramente este artigo está um pouco mau no que toca à piada tenho de falar da escola. Pode ser triste ou estranho mas é verdade eu ando no 12º Ano, e sim é possível um Toni azarado como eu passar todos os anos com boas notas até. E é assim, no início do ano, recebemos todos e REPETIDAMENTE, o discurso do “isto é o 12º ano não tem nada a ver com o 11º ano, têm de estudar todos os dias no mínimo e manter a matéria a par todos os dias senão perdem-se…” Eh pah, eu ainda não recebi nenhum teste, tenho de ser sincero, mas sinceramente NINGUÉM ESTUDA TODOS OS DIAS! NEM VOCÊS STORES QUE NOS DIZEM ISTO O FIZERAM NO VOSSO TEMPO! É FISICAMENTE IMPOSSIVEL ALGUEM ESTUDAR TANTO SEM PARAR E NÃO FICAR NO MÍNIMO AFECTADO MENTALMENTE! Se há pessoal que para o exame de ANATOMIA a cadeira mais difícil do curso todo, começam apenas a estudar uma ou duas semanas antes, PORQUE RAIO É QUE EU HAVEREI DE COMEÇAR A ESTUDAR UM MÊS OU MAIS ANTES! E outra coisa é aquilo de fazer tudo de acordo com os exames e não sei quê… ATÉ PARECE QUE DURANTE OS ANOS ANTERIORES NINGUÉM SABIA QUE IAM HAVER EXAMES! “Olha esta ano há exames… Ai há? Então é melhor começar a fazer os testes e a dar a matéria de acordo com os exames” eh pah posso ter uma opinião estúpida… mas para mim isto é absurdo! Fazer tudo diferente, mudar assim de repente, não é suposto o ensino ser contínuo? “O 12º ano é o último”, BOA! “Depois vai-se para a Universidade”, Hà A SÉRIO!??? “Há que dificultar as coisas”, PORQUÊ??? Porque é que a dificuldade não é progressiva? É que pelo aspecto que querem dar ao 12º ano, parece uma ilha à costa do Ensino! E mesmo esse ensino tem coisas muito frustrantes! Porque raio é que há notas altas e baixas até ao nono ano? Eu cá acho que só devia haver positivas e negativas mais nada! É que de que é que me valeu todos aqueles anos de esforço para ter boas notas? NADA!!! Não ganhei absolutamente nada com isso! Mas alguém me disse? NÃÃÃÃÃOOOO! Mandavam-me estudar que nem um cavalo dizendo que sem boas notas não entrava na escola que queria, O CARALHO! Actualmente as notas nem são levadas em conta! Somente as Moradas são consideradas….. Fico Fodido….

Desculpem este Artigo sem Piada e com muita Emotividade e Raiva (!) mas é que eu sinto-me realmente frustrado…. Pode ser que daqui a uns tempos escreva algo melhor…

P.S. – A imagem do Hulk é para demonstrar a minha Raiva, e visto que ele é uma personagem que adoro achei que ficava bem.
publicado por Toni, o Primeiro às 17:53

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 3 de Novembro de 2004

As desculpas da praxe....

Guitarra.jpg

Venho por este meio pedir desculpa por não escrever faz já alguns dias, mas inicialmente os testes não me permitiram e no fim de semana passado, o prolongado, os meus pais decidiram ir para a terra do tédio como lhe gosto de chamar, e claro... o Toni teve de ir também... pelo que voltei no domingo. E vocês perguntam-se: 1 - Sim e o que é que isso me interessa???? 2 - E não podias escrever no domingo???, e eu respondo 1 - ....... 2 - Até poderia se não fosse essa Beleza aí em cima que me ocupou quase o dia todo! Para quem não percebe o que é, devido ao pequeno tamanho da imagem, o que está aí em cima é um guitarra semi-acústica SIMPLESMENTE LINDA, de tonalidade azul, pintada em degradé do interior para o exterior com risca branca a toda a volta. Em resumo é uma Guitarra simplesmente linda e espectacular com um som excelente de alcunha "iKOM". E mais uma vez vocês se questionam: 1 - Mas que merda de nome é esse TONI? 2 - JÁ NINGUÉM DÁ NOME ÀS GUITARRAS..... mas desta vez não respondo. Explico somente que esse nome tem um significado para mim pois aquela guitarra foi um amor à primeira vista, por muito Roto e apaneleirado que isso possa parecer, que espero que dure para sempre e que não acabe nunca, ao contrário daquele associado ao nome que dei à guitarra que acabou "FINALMENTE", que aquilo já era obsessão, para aí à 3 anos ou assim... Para quem me conhece pessoalmente já deve ter percebido tudo, para quem ainda não percebeu, porque lerdos há muitos, e alguns são meus amigos, se bem que eu não tenha muita moral para falar, leia o nome da guitarra ao contrário.

Eu vou tentar escrever no mínimo um artigo amanhã uma vez que nada tenho de estudar.

Por fim deixo-vos com uma frase dita por um amigo meu durante uma ventania tremenda: "É ISSO! JÁ PERCEBI PORQUE É QUE OS PUTOS TRAZEM TANTA MERDA NAS MALAS! É para quando vem o vento não levantarem voo!" .................

Comentem.......
publicado por Toni, o Primeiro às 14:53

link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Regresso ao Presente!

. Mais uma das minhas teori...

. Mais uma das minhas teori...

. 1 Ano de Crónicas... Estú...

. O Toni Strikes Back!

. Long time no see...

. O que Elas querem ... (LI...

. O belo do dia das mentira...

. Dia dos Namorados ou Dia ...

. Quando eu era pequenino …

.arquivos

. Julho 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Setembro 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds